10 de agosto de 2015

Resenha: Livro Proibido



Olá pessoal a resenha de hoje é sobre o livro “Proibido” da Tabitha Suzuma


Quando me recomendaram a leitura deste livro meses atrás , me deram dois conselhos o primeiro é que deveria estar emocionalmente preparada , e o segundo é que deveria deixar todo e qualquer preconceito de lado, agora compreendo perfeitamente o que quiseram me dizer , Proibido é um livro intenso, profundo  e angustiante . 


“Você pode fechar os olhos para as coisas que não quer ver, mas não pode fechar o coração para as coisas que não quer sentir.”


 Proibido conta a historia de dois irmão que após o abandono do pai,se veem obrigados a assumirem a responsabilidade de cuidar da casa e dos irmão mais novos garantindo o bem estar deles para que o conselho tutelar não ficasse a par da situação no qual viviam. A mãe não consegue lidar com a separação  , vive bêbada , sempre com um namorado novo e esta pouco se importando com os filhos . 

O pai os deixou  com a promessa de que estaria sempre presente na vida dos filhos , e  demorou muito para que eles percebessem de que isso certamente não aconteceria , então coube a Lochan e Maya assumirem o controle de tudo.

Lochan tem apenas dezessete anos e mesmo com a ajuda da irmã  carrega o peso nas costas de ser o homem da casa , um garoto tímido que sente pânico em se relacionar com outras pessoas a não ser sua família, sempre solitário , sua única e melhor amiga é Maya com ela pode ser ele mesmo , ela é seu suporte.

Maya diferente de Lochan esta sempre rodeada de amigos é comunicativa , mais esta é apenas a maneira  que encontrou de esconder a forma que se sente quando esta fora de casa , cabe a ela mantê-los unidos , e faz tudo para que Lothan não sucumba a tanta pressão ele é seu ponto seguro ,seu melhor amigo seu ponto de referencia e teme mais do que qualquer coisa  de que ele se canse de tudo aquilo e os deixe assim como o pai fez .

E então mesmo sabendo o quão errado era eles acabam se apaixonando 

   "No fim do dia, é tudo sobre o quanto você aguenta, o quanto você pode suportar. Se juntos      vamos prejudicar alguém, separados vamos matar nós mesmos."

O relacionamento dos dois nunca foi do tipo normal aos quais irmãos tem para com o outro  , desde crianças eram inseparável sempre cúmplices um protegendo o outro , ambos se sentem muito sozinhos , muito perdidos e acabam encontrando um no outro um amor com uma intensidade que vai muito além de sentimentos comuns
E não definitivamente nenhum dos dois encaram tais sentimentos com naturalidade , eles tentam negar o tempo todo, sentem nojo de si mesmos , sentem raiva pois sabem de que aquilo é errado é imoral .
 Lochan e Maya se amam. Eles tem consciência que é errado. Eles sabem que é proibido. Eles não conseguem se afastar. Não conseguem viver um sem o outro. Isso é desesperador, é uma tortura emocional. É uma situação que deixa ambos entre a cruz e a espada, literalmente.
     
"Mas então por que é tão terrível para mim estar com a garota que eu amo? Todos os outros têm permissão para ficar com quem quiserem, expressar seu amor se quiserem, sem medo de assédio, ostracismo, perseguição ou até mesmo da lei. Mesmo emocionalmente abusivas, as relações adúlteras são muitas vezes toleradas, apesar do dano que causam aos outros. Em nossa sociedade, progressiva e permissiva, todos esses tipos nocivos e insalubres de 'amor' são permitidos - mas não o nosso. Não consigo pensar em nenhum outro tipo de amor que seja tão completamente rejeitado, mesmo que o nosso seja tão profundo, apaixonado, carinhoso e forte que nos obrigar a nos separar nos causaria uma dor inimaginável. Nós estamos sendo punidos pelo mundo por apenas uma razão simples: por termos sido produzidos pela mesma mulher."

Ler este livro foi extremamente complicado  ele é forte , angustiante  e muito mais muito difícil de ser digerido  por vários momentos você sente necessidade de parar e  respirar para somente depois prosseguir com a leitura ,  por mais errado que seja , você acaba torcendo  para que estes dois sejam felizes no final , e sim eu sei incesto é algo nojento inaceitável, mais conforme você vai tendo acesso a complexidade dos sentimentos deles você  meio que acaba entendendo .
 
 Esta historia me tocou profundamente e sim eu chorei horrores , definitivamente este livro me mudou , não estou dizendo que passei a entender e a aceitar  o incesto , porque "Não"  ,ao meu ver isto errado , é nojento , doentio ,totalmente inaceitável , acho que em momento algum a mensagens que a Tabita quis passar foi esta sabe , ela quis apenas mostrar que nada é tão simples quanto o que parece, ainda mais quando, estamos falando sobre sentimentos. Ela mostrou que você nunca pode julgar ninguém. 




Ano: 2014 
Páginas: 304
Idioma: português
Editora: Editora Valentina


32 comentários:

  1. eu sou louca pra ler, me falam muito dele, seja pelo tema polêmico, seja pela escrita que é boa e fluída, com uma narrativa intensa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Maria o tema é realmente muito polêmico ,mais a autora consegui tratar sobre o assunto de uma maneira esplêndida , é um livro muito intenso e angustiante e vc torce para que tudo de certo .

      Excluir
  2. Oi, Aline. Tô louca para ler este livro e a cada resenha fico mais ansiosa. Mês que vem sem falta leio ele!
    Beijo,
    http://www.pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Ana se prepare pois é um livro muito intenso , quando sua resenha estive pronta me avise pois quero muito ler ok
      Bjos

      Excluir
  3. Oi *-*
    Eu AMEI a resenha! Deu mais vontade ainda de ler. Ouvi falar que é muito instigante e intenso!

    Beijos!
    www.naoleia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi sim esta é uma leitura muito intensa embora tenha gostado do livro não é algo que pretendo reler ,mais super o recomendo para as pessoas

      Excluir
  4. Quero muito ler esse livro polêmico!
    Já está na minha listinha há tempos.
    Acho que vou chorar horrores também =)
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ele também esteve em minha lista um bom tempo esperei o melhor momento para lê-lo, infelizmente ainda não estava preparada para ele e acho que nunca vou estar

      Excluir
  5. Olha eu sinceramente nunca tive muito interesse de ler esse livro, mas dizem que ele é muito lindo.
    Mas também ao mesmo tempo bastante difernete de tudo que estamos acostumados a ler.
    EU não sei se pegaria para ler, porque eu não sei o que esperar, mas acho que futuramente pode ser.
    Eu gostei da sua resenha, mas seilá...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/resenha-entre-o-amor-e-o-silencio.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha o que posso dizer é que este livro não tem nada de lindo , as questões abordadas nele são muito fortes e não é somente o incesto , conflitos familiares o descaso da mãe o abandono do pai , dois jovens tendo de assumir responsabilidades que não deveriam , a leitura é muito intensa eu nunca tinha lido nada do tipo e nunca tive muito o interesse mais as criticas que li a respeito dele me animou bastante e foi uma grande surpresa para mim

      Excluir
    2. Olha sinceramente eu não sei nem se pegaria para ler como eu disse.
      Eu acho a capa linda. Chama atençào e tudo mais, mas eu nem tenho ele. Não comprei, porque já sabia que não iria ler, mas quando é forte eu já não sou muito ligada, até porque a história tem u tema delicado também. Enfim... - http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/resenha-promessa-da-rosa.html

      Excluir
  6. Linda resenha, flor. Concordo com você que a autora não fez apologia ao incesto, em momento algum. O livro é um romance angustiante, que nos faz pensar como as circunstâncias constróem o amor. :) Eu gostei muito do livro.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é exatamente isso Franciele , eu também gostei bastante dele
      Bjos

      Excluir
  7. Olá Aline, tudo bem?

    Desde o lançamento deste livro eu fiquei antenado para saber do que se tratava, livros com temáticas fortes, como esse, costuma chamar bastante a minha atenção, e Proibido esta na minha whislist. Concordo com você sobre o que falou do incesto, aliás, adorei a sua resenha.

    Beijos,
    http://marcasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. ola Vinicius eu também gosto muito de livros com temática forte , fico feliz que tenha gostado de minha resenha Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oiee ^^
    Quando comecei a ler esse livro, achei que não iria gostar, pelo fato dos irmãos estarem juntos e tals, mas acabei me apaixonando completamente pela história, e também chorei horrores no final ♥ "Proibido" é um dos meus livros favoritos ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Já tinha visto esse livro várias vezes pela Editora Valentina, mas nunca me chamou atenção, até porque poucos títulos da Valentina me atraíram. Abraços,

    Tony

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Eu vi várias resenhas positivas sobre esse livro.
    A história parece ser bem intensa e envolvente.
    Sua resenha está maravilhosa.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. As minhas amigas leram esse livro para fazer debate, mas por se tratar de um livro com um tema meio pesado eu adiei um pouco mais a leitura

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Gosto de livros com temas polêmicos, eles nos tiram de nossa zona de conforto e ampliam muito a nossa mente. Com certeza é um livro que eu necessito ter em minha estante!

    http://loucurasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá... eu li esse livro no final do ano passado por indicação de minhas amigas literárias e me vi em um mundo de conflito e desespero por conta dos personagens... sinceramente eu não sabia muito o que pensar, mas não me senti em choque, mas me senti consternada pela situação vivida por eles... com uma família sem estrutura...um pai que os abandonou e uma mãe completamente ausente... os mais velhos tiveram que assumir uma responsabilidade que não eram dele... cuidar dos menores, como se fossem seus pais... os sentimentos eram tensos e intensos... não tinham ninguém que pudesse ser por eles e orientá-los nos caminhos da vida... eles se uniram de uma forma que os sentimentos entraram em conflito e se transformou em algo mais... enfim... é uma história que mexe com você e te faz para para refletir... xero!!!

    ResponderExcluir
  15. Oie...
    Esse livro é bemmm polêmico, o que deixa a curiosidade e a leitura muito mais interessante. Coloquei esse livro na lista depois de uma resenha super positiva dele, a sua conseguiu aumentar ainda mais a minha curiosidade. Espero conseguir ler em breve.
    Bjus
    Juh - Surtos da Juleka

    ResponderExcluir
  16. Oi Aline...
    As mesmas recomendações que te deram me passaram tambem, mas diferente de você ainda não li o livro. Estou com ele aqui e morro de vontade de ler, mas não sei como reagir.
    Sua resenha está muito boa, parabens. Foi notável o quanto esse livro lhe tocou.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  17. Oii, tudo bem?
    Eu já vi milhares de pessoas falando super bem desse livro e não poderia estar mais curiosa, o livro parece ser realmente surpreendente.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Me chame de masoquista mas amo livros que me pressionam, são angustiantes. Acho que esse livros nos mudam da água para o vinho e é sempre bom estarmos em busca de uma solução para nos tornarmos pessoas melhores, certo? Eu já tinha visto o livro, mas é a primeira resenha que vejo dele
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Deve ser um livro tenso mesmo, e entendo a parte de parar para respirar. Fiquei interessada nele desde o lançamento, mas ainda não o li:(
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  20. Oi Aline, tudo bom?
    Não vejo o incesto como algo doentio e inaceitável, porque tu mesma vieste a afirmar, no final da resenha, que a Tabita nos mostra o quanto isso tudo pode ser complicado e difícil. Mas eu, a minha pessoa, não namoraria um irmão. É uma coisa que eu não quero para mim, mas que não impediria ninguém de fazê-lo. Talvez ache até um pouco nojento, porque imagina, é um irmão. Mas cada um com seu cada um, né.
    Por isso quero ler esse livro o quanto antes, preciso rápido ter uma noção da história e ver como me posicionarei quanto a este tema. Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  21. Oii!

    Adoro livros que nos mudam. Estou querendo esse livro a bastante tempo, mas não tenho money :/ Adorei a resenha e a capa do livro é maravilhosa ^^ Quando der, vou comprar esse livro :)

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  22. Oiee.

    Quero ler este livros justamente por ser muito polêmico e espero gostar

    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Olá!

    Estou louca para ler esse livro! Curto histórias polêmicas ou com uma carga emocional muito forte e esse, sem dúvida, me parece ter bastante de ambos.

    xoxo, Kitsu.
    » http://www.guildadosleitores.com/

    ResponderExcluir
  24. Muito complicado!
    Vi bastante a capa desse livro nos últimos tempos, mas não sabia do que se tratava.
    O contexto do livro é bem intrigante e me deixou curiosa.
    Acho que ficaria agoniada para saber logo o final.
    Gostei da sua resenha :)
    Beijos, Carol.
    http://anamatosferreira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Amiga, eu quero muito esse livro, acho que esse livro é uma das provas de que se as pessoas seguissem os mandamento de Deus, as coisas "erradas" jamais existiriam, o problema deles começou com os pais completamente desconfigurados e ausentes, isso praticamento os obrigou a criar uma família paralela, onde eles eram responsáveis pelos irmãos... E cara, eles só tinham um ao outro, o que aconteceu foi consequência de uma família desconfigurada, triste, mas, verdade.

    ResponderExcluir